Antes tarde do que nunca...

Minha experiência com o ballet começou em 1998, quando eu tinha 30 anos de idade. Foi minha amiga Teresa, uma italiana de Nápoles, que estudou ballet clássico na infância, quem me incentivou a tomar as primeiras aulas dessa arte tão detalhista e tão demandadora. Era um velho sonho meu, de criança, não realizado pela falta de grana dos meus pais, jovens e com três filhos para criar no subúrbio do Rio de Janeiro. Naquela época, fazer ballet era sinônimo de status, uma realidade muito distante da minha. Teresa e eu frequentávamos uma academia no final da Asa Sul, duas vezes por semana, nos fins de tarde, e dividíamos a sala com garotas entre 10 e 13 anos de idade. Constantemente, éramos víti

Posts recentes
Arquivo

CONECTE-SE

  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • Twitter Clean

CADASTRE-SE

INFORMAÇÕES?

 

secretaria@bailarinasporquenao.com

WhatsApp: (61) 98299 3402

 

Bailarinas Por que Não?! - SHCS Quadra 503, Bloco B, Loja 25 - 70331-520, Brasília-DF