Porque ballet combina com gentileza...

Não é fácil a gente ousar entrar para um mundo tão fechado e elitista quanto o do ballet. Ainda mais quando não se domina a técnica e o corpo insiste em não nos obedecer. Ser aluna(o) de ballet na idade adulta passa primeiramente pela autoaceitação e, depois, pela quebra do medo de encarar a crítica e as dificuldades do dia- a-dia. Todos esses obstáculos, no entanto, desaparecem quando a gente encontra em sala de aula um(a) educador(a) de verdade. E foi assim que aconteceu. Já no caminho, quando o levava de carro para o primeiro dia do nosso primeiro workshop, entendi por que Dri (Adriana Palowa, minha amiga e mestra, com quem compartilho a direção do Projeto Bailarinas Por que Não?!) havia

Posts recentes
Arquivo

CONECTE-SE

  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • Twitter Clean

CADASTRE-SE

INFORMAÇÕES?

 

secretaria@bailarinasporquenao.com

WhatsApp: (61) 98299 3402

 

Bailarinas Por que Não?! - SHCS Quadra 503, Bloco B, Loja 25 - 70331-520, Brasília-DF