Os bastidores da montagem de nosso primeiro espetáculo

“Gente, minha mãe pode assistir ao ensaio geral? Ela vai ter de ficar com meu bebê hoje para meu maridão poder vir”. A frase é de Adriana Fittipaldi, bailarina-mãe-psicóloga-esposa. Momentos como esse são comuns nos...

Please reload

De que adiantam figurinos caprichados e coreografias elaboradas,

De que adiantam produções bem cuidadas e sorrisos cênicos,

Se não existe o envolvimento da alma e cumplicidade?

Quando a cortina se abre e a dança exala amor,

a competição dá lugar à parceria

e “A Magia da Dan...

Eu dei a mão a ela e respirei fundo:

_ É agora, Dedete!

Imediatamente, a emoção me tomou e meus olhos marearam. Virei o rosto, fingindo arrumar o figurino para me controlar.

_ A gente entra depois delas, né?!

_ É, depois delas.

Dedete me olhou e, disfarçando a ansiedade, di...

Assim como a música se perpetua por gerações afora, o corpo desafia o tempo e seus próprios limites.

O que está por trás de um movimento?

Histórias de vida, personagens do cotidiano e uma incrível vontade de se superar

Quando a luz do palco se acende, elas brilham

Feito es...

Não é fácil a gente ousar entrar para um mundo tão fechado e elitista quanto o do ballet. Ainda mais quando não se domina a técnica e o corpo insiste em não nos obedecer. Ser aluna(o) de ballet na idade adulta passa primeiramente pela autoaceitação e, depois, pela queb...

Eles foram chegando aos poucos, a passos pequenos e bem devagarzinho. Alguns ajudados por cuidadores; outros, apoiados e alguns até ensaiando uma cantoria. E foram se sentando lado a lado até formarem uma plateia muito especial. Vestiram roupa bonita e se perfumaram; h...

Sempre que nos reunimos para mais uma Aula Master, um clima gostoso de festa toma conta do espaço.

Visual impecável e aquele friozinho na barriga como quem está prestes a entrar em cena, uma a uma, vamos chegando e nos instalando num cantinho da sala.  Sou uma delas: um...

Os bastidores da montagem de nosso primeiro espetáculo

“Gente, minha mãe pode assistir ao ensaio geral? Ela vai ter de ficar com meu bebê hoje para meu maridão poder vir”. A frase é de Adriana Fittipaldi, bailarina-mãe-psicóloga-esposa. Momentos como esse são comuns nos...

Eu dou um passo

ele me acompanha

Eu titubeio, ele me sustenta

Se eu sorrio, ele ri também

Mas se eu choro, ele me abraça

e me entrega um lenço

Quando o cenário é feio

ele me faz esperar nos bastidores

até que ele conserte tudo para mim

Então, quando as cortinas se abrem

continuo...

Fim do primeiro tempo. A marca dos 45 me fez pensar na vida. Estava na hora de colocar em prática projetos que estavam no papel há muitos anos. Aos 47, finalmente, nasceu o Bailarinas Por que Não?!

Desenhei a logomarca, da minha maneira desajeitada, na tela celular;  já...

Subir ao palco para dançar ballet, pela primeira vez na vida, aos 44 anos de idade foi uma experiência inesquecível. Mais que isso: foi um exercício de superação, de humildade, de aceitação e de libertação muito grande.


Comigo aconteceu depois de longos e delicios...

Please reload

Posts recentes

05/03/2016

Please reload

Arquivo